Tradutor

sábado, 4 de julho de 2015

Dicas para tratar um escaldão


Apesar de não ser possível ‘desfazer’ ou fazer desaparecer um escaldão solar há algumas coisas que pode começar já a fazer para tratar esse escaldão o mais depressa possível.
 A publicação Health falou com um especialista em dermatologia, Dr. Joshua Zeichner, para perceber o que é que se pode fazer para acelerar o processo de cura de um escaldão.

Trabalhe de dentro para fora: Mal perceba que a sua pele está vermelha e que muito provavelmente estará com um escaldão, tome um medicamento anti-inflamatório, como uma aspirina ou um ibuprofeno, recomenda o Dr. Joshua Zeichner. Isto pode ajudar a evitar que a inflamação e a vermelhidão da pele piorem e ainda alivia a dor.

Acalme a pele: Passe o corpo por água doce ou tome um banho de água quase fria para acalmar a pele e remover qualquer vestígio de cloro, sal ou areia, que podem causar irritação na pele. Se vai tomar banho na banheira, adicione um copo de aveia à água para potenciar o efeito calmante.

Hidrate a pele: O sol destrói o óleo da pele por isso, depois de apanhar sol e, especialmente, se apanhou ficou com um escaldão certifique-se que hidrata bem a pele com um creme gordo. O Dr. Joshua Zeichner recomenda os cremes que contêm aloé vera, glicerina ou ácido hialurónico. Para um efeito mais calmante e refrescante, conserve o seu creme no frigorífico antes de aplicar.

Hidrate-se: Além de deixar a pele desidratada, o sol também desidrata o resto do seu corpo. Beba muita água e coma muita fruta rica em água como melancia, melão ou uvas para contra-atacar os efeitos do sol.

 

terça-feira, 30 de junho de 2015

Aniversário da Praia do Meco


Realizou-se neste domingo o dia mundial do Naturismo e o aniversário da Praia do Meco.
Nós, como habituais frequentadores desta praia, marcámos presença, num dia em que a praia estava repleta de corpos nus, alguns com mistura de têxteis, algo aliás repetitivo no mundo Nudonaturista.
No entanto foi agradável ver que muitos Nudistas/Naturistas aproveitaram o sol para estarem presentes nesta praia que fazia 20 anos de legalidade nudista.
Só foi pena que o mar estivesse muito forte, aliás como é muito usual nesta praia, não permitindo o seu usufruto total num dia de muito calor, tendo as pessoas optado por se refrescarem à beira mar.
Mas não deixou de ser um dia bem passado.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

domingo, 21 de junho de 2015

Dia Mundial do Naturismo

Todos ao Meco dia 28 de Junho para celebrar o Dia Mundial do Naturismo e o vigésimo aniversário da legalização da praia do Meco.
A FPN convida todos os naturistas e nudistas a estarem presentes neste evento.


quarta-feira, 17 de junho de 2015

Depilação íntima: método usado por você pode definir seu comportamento


A depilação da genitália feminina pode influenciar a saúde íntima de uma mulher? Ou pode dizer sobre suas escolhas e atividade sexual? São essas questões que uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) quer responder com a ajuda de mulheres e homens.

A depilação, embora seja uma atividade cada dia mais comum, ainda foi pouco analisada cientificamente. É por isso que pesquisadoras do Ambulatório de Estudos em Sexualidade Humana (AESH) do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da USP de Ribeirão Preto lançaram uma pesquisa sobre a preferência de homens e mulheres.

O que sua depilação diz sobre você?

Segundo a pesquisadora Maria Luiza Prudente de Oliveira, a intenção da pesquisa é traçar perfis de mulheres e suas preferências por depilação e, a partir disso, analisar aspectos clínicos e comportamentais. "Hoje em dia quase todas as mulheres fazem depilação. A tendência estética, a crença na melhoria da higiene genital ou a preferência masculina parecem influenciar essa prática. Queríamos saber qual a motivação, e concomitantemente, a gente pensou em saber se a preferência masculina responde um pouco a isso", explica a pesquisadora em entrevista ao site G1.
Observar e relacionar grau de escolaridade, idade, orientação sexual e tipo de relacionamento é um dos objetivos. “Também vamos analisar a função sexual, tanto dos homens quanto das mulheres. O que é esperado como hipótese do trabalho é que exista uma confluência entre a preferência masculina e feminina", diz.
A pesquisa será analisada em duas fases. Na primeira, o perfil de homens e mulheres serão traçados e relacionados com o tipo de depilação preferida. A partir disso, as pesquisadoras vão cruzar a escolha com o comportamento sexual das mulheres e os possíveis sintomas clínicos que ela pode causar.

Depilar a virilha faz mal?

Embora comum e praticada por muitas mulheres, a depilação ainda não teve seus impactos estudados. "Existem várias hipóteses de que o pelo é proteção, ou de que em compensação, pelo demais, em um ambiente tropical, prejudica a ventilação. Acreditamos que os resultados dos questionários nos mostrem que há certa diferença, dependendo do tipo de depilação, para a parte clínica", explica.

Depilação íntima que os homens mais gostam

Outra questão que será tratada pela pesquisa é a influência da diferença geracional. A pesquisadora questiona: “homens mais novos, que viveram a geração do pornô, preferem mulheres completamente depiladas? Homens mais velhos preferem as virilhas menos depiladas?”.

Pesquisa sobre depilação

O questionário fica disponível na internet por seis meses. Respondidas de forma anônima, as questões são divididas para homens e mulheres.
Aquelas voltadas ao público feminino perguntam sobre idade, grau de escolaridade, região, preferência de depilação e hábitos sexuais, como frequência das relações, estado civil e orgasmos.
Já os homens respondem um menor número de questões. Além de traçar o perfil, as perguntas buscam informações sobre a preferência do tipo de depilação, o motivo da escolha (beleza, higiene ou relação sexual) e frequência com que pratica atividades sexuais.

 


domingo, 3 de maio de 2015

terça-feira, 31 de março de 2015

Exposição só pode ser visitada por pessoas sem roupa

Intitulada de 'Getting Naked', a exposição foi exibida no museu de Kitchener, no Canadá. 


Várias pessoas visitaram a mais recente exposição inaugurada no museu sem nenhuma peça de roupa. O nome da exposição de arte era justamente "Getting Naked", em português "Ficar nu", e decorreu na passada sexta-feira, dia vinte e sete de Março, no Museu de Kitchener. As pessoas dispostas a despir-se totalmente para verem as obras puderam, então, observar e apreciar diversas obras de arte expostas, em particular telas e esculturas.


O Museu de Kitchener abriu ao público em Setembro de 2003 e oferece uma série de exposições interactivas. Esta exposição em particular está a causar alguma controvérsia na província de Ontário, no Canadá, bem como a criar uma onda de curiosidade em várias partes do mundo devido ao facto de convidar os visitantes e espectadores a tirar, obrigatoriamente, toda a roupa antes de entrar no Museu Kitchener. Os visitantes chegaram normalmente vestidos e foram convidados a despirem-se num local privado. A ideia era, segundo o Museu, "deixar para trás a multidão de limites e restrições que a roupa impõe". Os visitantes podiam deixar de ser voyeur para se tornar parte da exposição. A entrada na exposição estava aberta a todas as idades; porém, as crianças menores de 13 anos só podiam entrar acompanhadas pelos pais.


Relativamente à exposição as opiniões dos canadenses dividem-se. Enquanto uns apoiaram a ideia, apesar de acharam a proposta ousada outros, no entanto, consideram-na uma falta de respeito afirmando que não está relacionada com arte em nenhum aspecto. Também em Portugal as opiniões não são partilhadas de igual modo, havendo quem considere a exposição uma forma evoluída, criativa e original de despir o preconceito e quem encare a exposição como uma forma excêntrica, demente e vergonhosa de expor o corpo. São também várias as pessoas que proferem várias críticas aos corpos fotografados que visitaram a exposição, por não corresponderem aos padrões de beleza estipulados. Apesar da polémica em volta  de "Getting Naked" não foi registado nenhum incidente. No entanto, a discussão continua. E você, ficaria sem nenhuma peça de roupa para poder apreciar obras de arte? 

blastingnews